Imprimir

Histórico

Pequeno Histórico da Sociedade de Estudos Espíritas 3 de Outubro

 

O inicio da Instituição foi na década de 50. Anita Briza, mãe dos jovens Neyde e Arnaldo, também diretora da Liga Espírita do Estado de São Paulo, decidiu construir , em Campos do Jordão, um sanatório para atender a esses doentes pobres.

 

Motivada por esse ideal e apesar de como diretora da Liga Espírita não contou com o apoio de seus companheiros. Conseguiu porém a parceria de alguns poucos espíritas idealistas. Daí nasceu assim, em 3 de outubro de 1950 a “Sociedade de Estudos Espíritas 3 de outubro”, situada inicialmente na Av. Rangel Pestana, 271 - 1º andar, zona central da cidade de São Paulo, cuja data de fundação e denominação foram escolhidas em homenagem a Allan Kardec, o codificador da doutrina espírita, que nasceu naquela data. Com o tempo passamos para outros endereços : Rua da Glória, 337, Rua Conselheiro Furtado, 1412 e Rua Florêncio de Abreu, 337.

 

Na Florêncio de Abreu foram organizados o ambulatório médico e o Departamento de Assistência Social, para atender os necessitados cadastrados na Sociedade. Recebiam assistência médica e faziam o curso de Higiene e Preparo Maternal, afim de poderem receber enxovais para os recém-nascidos. Chegou-se a assistir 51 famílias pobres.

 

Foram providenciados oportunamente todos os registros nos órgãos oficiais competentes, com as atualizações necessárias, estando a Sociedade caracterizada como entidade religioso-filantrópica.

 

Para a construção do hospital, cabe lembrar que um dos ouvintes dos programas de rádio, o Sr. Salvador Afanato, doou à Sociedade, em Jacareí, um loteamento com uma área de 35 alqueires de terra para serem vendidos em favor das obras assistenciais da instituição. Com esses recursos, construiu-se o hospital, adquiriu-se a nossa atual sede na Lapa – São Paulo, inaugurada em 15 de maio de 1976, situada à rua Clélia, 669, e o imóvel da rua Aurélia, 665, também na Lapa em que atua o Departamento de Assistência Social sob a denominação de Núcleo Assistencial Anita Briza. O loteamento em Jacareí recebeu o nome de Cidade Salvador, tornando-se um bairro novo na cidade.

 

Ainda em Setembro de 1976, a Sociedade assumiui a manutenção do Lar Escola Guri (Grupo Unificado de Reabilitação Infantil, localizado à Av. Diogo Antônio Feijó, 889, em Osasco, devido às dificuldades econômicas de seus dirigentes. Eram 30 meninos assistidos. Passados quatro anos, o Lar Guri desmembrou-se da Sociedade, ocasião em que transferimos 12 meninos, do Lar em Osasco para o prédio da Rua Clélia, dando-se início ao Lar de Crianças “3 de Outubro”, que continuou crescendo e logo alcançou o total de 35 garotos. O Lar funcionou até dezembro de 1990, com jovens de até 18 anos, quando suas atividades foram encerradas, conseguindo-se que todos os meninos tivessem uma nova família, em lares substitutos.

 

Manteve durante vários anos, na Rádio Difusora, o programa Entre Dois Mundos, com grande audiência. A seguir, passou-se para a Rádio América, em outro horário. Desta série de programas radiofônicos foram extraídos alguns trabalhos publicados no livro “Entre Dois Mundos”, disponível para consulta em nossa biblioteca. Em 1977 iniciou-se novo programa na Rádio Mulher. Na Rede Boa Nova de Rádio, da Fundação André Luiz, ondas médias, 1450 kHz, o programa “Entre Dois Mundos” vai ao ar desde fevereiro de 1978, atualmente no horário das 7:30 às horas de Domingo.

 

Em 2007, em Convênio com a Prefeitura do Município de São Paulo, iniciou o funcionamento do Centro de Educação Infantil –Lapa (creche), na rua Marcelina, 629, Vila Romana.